Vendaval de gols

Foto por: Jornalismo Playball 2019 quinta-feira, 28 de novembro de 2019

Um jogo para entrar para a história!

Isso é o que podemos relatar sobre a partida entre o Porto e o Esquadrão, a quarta partida da Copa Playball Ceasa disputada no sábado dia 23 de novembro.

Um jogo com 21 gols fica até difícil para que possamos relatar todos com exatidão, já que quando mal anotávamos um gol e saía outro na sequência.

O time do Esquadrão já é conhecido do público, pois foi o campeão da Série D da Copa Playball Pompéia. Dessa maneira sabemos que possui um elenco forte e com um grande goleiro.

O time chegou a abrir 3 a 0 de vantagem, porém o Porto é um time muito forte e venceu a partida de virada.

O placar do jogo foi sensacional: Porto 12 X 9 Esquadrão

Com o camisa 10 Léo inspirado, o Porto triunfou em uma partida de 21 gols. E isso contra um time que possui o excelente goleiro João.

Com certeza esses dois times poderão se enfrentar novamente nas fases decisivas da Copa Playball Ceasa. Por isso vamos aguardar, caso tenhamos um novo confronto, um jogo tão eletrizante quanto esse 12 a 9.

Optamos em uma partida com 21 gols, narrar aqui apenas os tentos para que o texto não ficasse grande demais.

O Esquadrão abriu o marcador aos 2”.

Jadson, camisa 2, recebeu boa bola no meio e avançou para o ataque. Da entrada da área do adversário ele soltou a bomba para vencer o goleiro Pablo e colocar seu time em vantagem.

O segundo gol do Esquadrão aconteceu aos 5”. Marcos Vinícius, camisa 6, roubou a bola de um adversário e desceu em velocidade para o ataque. Ele chutou forte, da entrada da área, e mandou a bola para o fundo das redes do Porto.

Aos 8” o Esquadrão chegou ao terceiro gol.

Jadson tabelou com Marcos Vinícius, recebeu a bola de volta e desceu em velocidade pela direita. Ele chegou à linha de fundo do Porto e cruzou para o meio da área. Marcos Vinicius dominou a bola, olhou para o goleiro e bateu no canto direito de Pablo.

A partir do décimo minuto de jogo o Porto “entrou na partida” e partiu para a reação.

Após cobrança de escanteio para o Porto, pelo lado direito, a bola foi lançada na área do Esquadrão. Andrey dos Santos, camisa 14, subiu mais que a defesa e cabeceou firme para o fundo das redes.

Aos 14”, após nova cobrança de escanteio pela direita, a bola foi lançada para o meio da área do Esquadrão e caiu nos pés de Leonardo, camisa 10. Ele bateu de primeira e mandou a bola para o fundo das redes do goleiro João.

Aos 22”, após uma cobrança de lateral pelo lado esquerdo do ataque. Leonardo, camisa 10 do Porto, dominou a bola na entrada da área e viu a passagem de Andrey pelo lado esquerdo. Andrey recebeu o passe e fuzilou o goleiro João para empatar o jogo em 3 a 3.

Aos 26” o Esquadrão voltou a ficar na frente do marcador.

Luis Alberto, camisa 18, roubou a bola de um adversário no meio de quadra e avançou para o campo ofensivo. Da entrada da área ele soltou a bomba e estufou as redes do goleiro Pablo.

Mas no minuto seguinte, aos 27”, o Porto empatou de novo.

Andrey dominou na intermediária ofensiva e chutou forte para vencer o goleiro João e balançar as redes.

Como tivemos um jogador do Esquadrão atendido pelo médico, em quadra, então a partida foi até os 30 minutos de jogo.

Aos 29” o Esquadrão marcou o quinto gol.

Luis Alberto dominou no meio de quadra, driblou um adversário e bateu de longe para mandar a pelota para o fundo das redes.

Porém, aos 30”, pouco antes de o árbitro apitar final de primeiro tempo o Porto empatou novamente.

Andrey desceu em velocidade, vencendo os marcadores, e chutou da entrada da área marcar um bonito gol.

A segunda etapa mal começou e, antes de completarmos um minuto, Luiz Fernando, camisa 14 do Esquadrão, já anotou o sexto gol de seu time.

Ele roubou uma bola na esquerda e desceu para o ataque. Do bico da área ele bateu cruzado e venceu Pablo.

Aos 2” o Porto empatou o jogo.

Arylson, camisa 7, dominou na esquerda e desceu livre para o ataque. Ele invadiu a área e bateu na saída de João para mandar a bola para o fundo das redes.

No minuto seguinte, aos 3”, o Porto virou o jogo.

Andrey recebeu a bola no meio de quadra, girou em cima de um defensor e saiu em frente à área do Esquadrão para soltar a bomba e colocar seu time pela primeira vez à frente no marcador.

Já aos 6” o Esquadrão empatou o jogo em 7 a 7.

Wesley, camisa 11, dominou no meio e fez o passe em elevação para Jadson, que dominou na entrada da área e bateu forte para vencer Pablo.

Um minuto após foi a vez de o Esquadrão virar o marcador.

Luis Fernando desceu em velocidade pela esquerda e cruzou para o meio da área. Marcos Vinícius, camisa 6, completou de primeira e marcou o oitavo gol de sua equipe.

Já aos 8” o Porto balançou as redes do goleiro João.

Em cobrança de falta frontal à área, Guilherme Bueno soltou a bomba e saiu para o abraço.

Aos 10” nova virada do Porto.

Leonardo, camisa 10, dominou na direita e tentou o chute de longe. A bola desviou em um defensor, enganou João e morreu no fundo das redes do Esquadrão.

Aos 11”, Arylson roubou a bola de um jogador do Esquadrão e saiu em velocidade pela esquerda. Do bico da área ele bateu cruzado e marcou o décimo gol do Porto.

A partir desse gol o Porto abriu a vantagem que não mais sairia de seu controle.

Aos 15”, o camisa 10 Leonardo puxou o contragolpe do Porto. Ele chegou em velocidade no bico da área inimiga e bateu forte para fazer 11 a 8.

Já aos 22” o Esquadrão marcou seu nono e último gol no jogo. Marcos Vinícius chutou da entrada da  área e balançou a rede.  

Aos 25”, pouco antes do apito final do árbitro, o Porto definiu o placar da partida.

Leonardo desceu em velocidade pelo meio de quadra e chutou forte para marcar décimo segundo gol de sua equipe.

Final de jogo: Porto 12 X 9 Esquadrão