Clássico 2.0

Foto por: Jornalismo Playball 2019 quinta-feira, 13 de fevereiro de 2020

Por: Pamela Emerich

Não tem jogo fácil na Copa Playball, ainda mais quando se trata dessas duas equipes, que já protagonizaram duelos incríveis. Donas da Bola e Asjaques duelaram mais uma vez e não faltou emoção. Na estreia da temporada, as equipes imprimiram um bom ritmo e boas jogadas, com destaque para Renata, camisa 6 do Donas, que não só marcou um belo gol, como participou das jogadas de gol e de outras jogadas de ataque. 


A equipe do Donas da Bola teve a saída e começou pressionando mais e chegando duas vezes consecutivas com perigo com a 9, Juliane e com a 6, Renata. O Asjaques sentiu a pressão do Donas, que continuou pressionando com Renata, e não conseguia criar jogadas de perigo. A equipe de roxo e dourado insistia em atacar, e em uma falta cobrada pela 4, Renata Nogueira, a bola passou perto, mas saiu. 


O Asjaques tentava aproveitar os espaços, mas não levava perigo quando chegava próximo ao gol. Em jogada individual da 32, Roberta Batah, o alvirrubro conseguiu levar perigo em uma bola que bateu na trave e saiu. O Asjaques começou a encontrar oportunidades e em jogadas que teve início com a 4, ela avançou e lançou a 9, Lia Assumpção em profundidade, mas no chute, a bola foi para fora. 


Imprimindo um ritmo mais forte, o Donas respondeu com a camisa 10, Olívia Manitta, que recebeu na intermediária e acertou um chutaço, mas a bola passou por cima do gol. A equipe roxa e dourada manteve a pressão e novamente levou muito perigo com Olívia, que recebeu a bola após cruzamento rasteiro de Roberta, camisa 5, mas sozinha, chutou em cima da goleira, que espalmou para fora.


O Donas continuou tentando abrir o placar e após uma saída de bola, a goleira Erica chutou e acertou o travessão do Asjaques. O alvirrubro, por sua vez, tentava jogadas de infiltração, mas a defesa do Donas trabalhava bem e impedia os ataques das Asjaques. 


Aproveitando as oportunidades, o Donas atacava mais. Renata, camisa 6, recebeu de Roberta na lateral, armou o chute e caprichou na finalização. A goleira ainda pulou, mas a bola bateu na bochecha da rede. 


Em vantagem no placar, o Donas aproveitou para dominar o final do primeiro tempo e se manter no campo de ataque, com mais toque de bola. Thais, camisa 7 do roxo e dourado, recebeu adiantada na lateral e chutou cruzado, mas a bola foi para fora. 


A segunda etapa iniciou mais truncada e com menos velocidade, mas o Asjaques conseguiu achar um espaço com a 32, Roberta Batah, que acertou um belo chute. Mas a bola passou perto e foi para fora. O Asjaques conseguia pressionar e criar jogadas que levavam perigo, principalmente em jogadas de escanteio.  A equipe alvirrubra apertava a defesa do Donas, dando trabalho goleira Erica, que precisou sair de soco em duas oportunidades, obrigando o Donas a fazer mais faltas. 


Em um contra ataque bem aproveitado pelo Donas, a craque Renata encontrou Franciane, camisa 14 em profundidade. Ela dominou, avançou e de fora da área, acertou um chute cruzado, sem chance para a goleira Marian. O Donas aumentou a vantagem no momento em que o Asjaques estava melhor na partida. 


O Asjaques continuava tentando sair do zero e avançava com a 10, Amanda Carvalho. Renata perdeu na corrida e cometeu uma falta perigosa. Na cobrança, a goleira Erica caiu bem e fez boa defesa. O Donas aproveitou as oportunidades para levar perigo e em chute da 2, Tati Kusano, a bola bateu no travessão e saiu. 


O Asjaques tentava uma reação, mas encontrava dificuldade de furar a defesa do Donas. O roxo e dourado, por sua vez, procurava ampliar o placar e atacava com perigo. O alvirrubro conseguiu diminuir a diferença do placar com Amanda, camisa 10, que recebeu a bola no meio, limpou a jogada e acertou um belo chute que passou ao lado da goleira Erica, que nem viu a bola.


O Donas respondeu com Juliana, camisa 9, que interceptou uma saída de bola, conseguiu roubar na frente do gol, limpou a jogada e chutou no canto para fazer o terceiro. O Asjaques tentava continuar pressionando, mas o Donas manteve o domínio e garantiu a vitória da equipe por 3 x 1.


Com a Vitórias, o Donas computou 3 pontos rumo à classificação. O Asjaques, que já foi campeão da série B ainda pode garantir sua classificação para disputar a série A na próxima rodada.