Fusafá é tri!

Foto por: Imprensa Playball 2020 sexta-feira, 25 de junho de 2021

A sequência das finais da temporada 2020 da Copa Amstel Playball aconteceu na manhã do domingo, dia 21, com o jogão entre Fusafá e Primatas pela VI edição da categoria master.

A partida começou com os adversários se estudando, mas logo a melhora marcação feita pelo Fusafá começou a surtir efeito e a equipe azul dominou a partida quase que inteira.

Tendo o camisa 4 Cris como líder e melhor em quadra, o Fusafá abriu o placar com um golaço do próprio Cris e manteve o domínio da partida durante o tempo todo.

Os Primatas ainda tentaram melhorar a marcação e o toque de bola no segundo tempo quando até esboçaram uma reação, mas logo o Fusafá retomou as rédeas do jogo e garantiu a vitória por 4 a 2.

Com isso, o Fusafá é o tricampeão da categoria master da Copa Amstel Playball.

A partida começou com o Fusafá buscando o ataque. Cearense, camisa 7,  recebeu no meio e tocou de calcanhar para Cris, camisa 4, que passou por trás e recebeu na intermediária esquerda ofensiva. Ele avançou até a linha de fundo e cruzou para o meio, mas ninguém de seu time apareceu para finalizar.

Em nova jogada de Cearense, ele dominou no peito uma bola lançada do campo de defesa e girou na entrada da área para bater firme. Porém, pegou muito embaixo da bola e mandou por cima da meta.

O primeiro ataque dos Primatas veio com Ferreira, camisa 33. Ele dominou a bola na intermediária ofensiva, carregou até a entrada da área e bateu forte. O goleiro Balbo fez boa defesa e segurou firme a bola.

Então foi a vez de Limão, camisa 5 do Fusafá, descer em velocidade pela esquerda e cruzar para o meio. A bola chegou aos pés de Paulo Neto, camisa 6, que dominou e bateu firme. O goleiro Gambetta fez grande defesa e espalmou a bola por cima da meta.

A resposta dos Primatas veio em cobrança de falta na intermediária ofensiva. Preto, camisa 10, rolou a bola de lado e Ferreira, camisa 33, soltou a bomba. O goleiro Balbo voou bonito e espalmou a bola por cima do travessão.

Aos 15min o Fusafá abriu o placar.

Cris, camisa 4, dominou no meio, cortou a marcação para a esquerda e avançou para o ataque. Pouco antes de chegar ao bico da área ele soltou a bomba e acertou o ângulo esquerdo do goleiro Gambetta. Golaço! Fusafá 1 X 0 Primatas.

A tentativa de resposta dos Primatas veio por intermédio do camisa 5 Beletti. Ele dominou na direita, avançou para o ataque e bateu cruzado na saída de Balbo. A bola saiu raspando a trave.

O fim da primeira etapa assistiu o segundo gol do Fusafá.

Aos 23min, o camisa 6 Paulo Neto cobrou uma falta da intermediária e deu ótimo passe para Thiago Cabeça, ao lado da trave esquerda defendida por Gambetta. Ele apenas tocou na bola para empurrá-la para o fundo das redes. Fusafá 2 X 0 Primatas.

A segunda etapa começou com os Primatas buscando equilibrar a partida, já que a boa marcação do Fusafá impediu a maioria das tentativas de ataque.

Bahia, camisa 9 dos Primatas, dominou no meio e viu a passagem de Cidão, camisa 2, pela direita. Ele fez o passe para o companheiro, que dominou na intermediária ofensiva e chutou forte. O goleiro Balbo fez boa defesa e segurou firme a bola.

Nova tentativa dos Primatas! Bahia dominou no meio, girou em cima da marcação e tocou para o camisa 10 Preto, livre na direita. Ele dominou a bola e bateu forte, mas mandou por cima do gol.

A resposta do Fusafá veio com Paulo Neto, camisa 6, que dominou na direita e desceu em velocidade para o ataque. Ele cortou a marcação para o meio e, da entrada da área, soltou a bomba, mas a bola subiu demais e saiu por cima da meta.

Aos 11min o Fusafá ampliou o placar.

A defesa dos Primatas tentou sair jogando, mas acabou perdendo a bola em frente da própria área. O camisa 35 do Fusafá, Mello, dominou a bola e bateu firme para balançar as redes e marcar o terceiro gol. Fusafá 3 X 0 Primatas.

Dois minutos depois, aos 13min, os Primatas diminuíram o prejuízo.

Após cobrança de escanteio do lado esquerdo, a bola foi lançada para área do Fusafá e Digão, camisa 93, dominou e bateu no cantinho do goleiro Balbo. Fusafá 3 X 1 Primatas.

Após a nova saída, os Primatas roubaram a bola do Fusafá e seu atacante foi derrubado quando puxava o contragolpe. O camisa 41 Gordo bateu a falta, mas mandou a bola por cima da meta.

Aos 20min o Fusafá sacramentou sua vantagem no marcador!

Bola esticada do campo de defesa para o camisa 8 Lele. Ele dominou na entrada da área, girou em cima da marcação e bateu no cantinho direito do goleiro Gambetta para balançar as redes.
Fusafá 4 X 1 Primatas.

E, no lance seguinte, quase que o Fusafá fez o quinto.

Thiago Cabeça, camisa 9, roubou a bola de um adversário e bateu da intermediária. A bola bateu na trave esquerda e saiu pela linha de fundo.

A verdade é que a boa marcação do Fusafá fez com os Primatas não tivessem muitas chances, porém, mesmo assim, o time poderia ter incendiado o final do jogo se não perdesse um “shoot-out”.

Após sexta falta do Fusafá, o árbitro assinalou “shoot-out” e Bahia se encarregou da cobrança. Ele deu o primeiro toque na bola e avançou em direção à entrada da área. O goleiro Balbo saiu da meta para fechar o ângulo e Bahia tentou a finalização. Balbo foi bem ao lance e caiu para direita e espalmou a bola para escanteio.

No último minuto, aos 25min, os Primatas fizeram seu segundo gol. O último do jogo.

Bahia dominou na linha central e tocou para Carlinhos, camisa12, livre na entrada da área do Fusafá. Ele dominou a bola, girou em cima da marcação e bateu na saída de Balbo para anotar o tento.

Final de jogo: Fusafá 4 X 2 Primatas

Fusafá tricampeão da VI Copa Amstel Playball Master.